<Faculdade a Distancia
     

Bem-Vindo a faculdade-a-distancia.com


Quando um aluno termina o ensino médio, ele tem várias alternativas para o seu futuro: pode começar logo a trabalhar ou procurando um trabalho para ganhar um salário, pode frequentar um curso técnico numa escola profissional que o capacita para ser técnico qualificado numa área profissional, ou se inscreve para o vestibular para dessa forma tentar entrar em um curso superior.

Sendo o Brasil um país enorme, do tamanho de alguns continentes, fica difícil para as pessoas que moram longe do litoral e das grandes metrópoles frequentarem uma escola técnica ou uma faculdade, se elas não possuírem capacidade financeira para isso. Elas teriam de pagar as viagens, alojamento, material, livros e outras despesas, e tudo junto pode chegar às centenas de reais por mês. Também acontece por vezes que a pessoa quer frequentar um curso que não existe em sua área de residência.

Atento a essa realidade, foram sendo criados em todo o país diversas escolas e mesmo faculdades que ensinam a distância. Antigamente era mais difícil implementar esse tipo de ensino e não saia muito barato, porque implicava enviar o material pelo correio, não era muito prático, e os correios da altura demoravam mais tempo do que demoram hoje a fazer o seu trabalho. Mais tarde, com o aparecimento da televisão, o ensino a distância ficou mais fácil de ser implementado em todo o país, surgindo projetos como o Telecurso e outros.

Nos dias de hoje a situação é bem diferente, graças essencialmente à evolução tecnológica que o mundo atravessa. O surgimento de maravilhas tecnológicas como a internet, os celulares, os computadores, câmaras de vídeo e todas as outras tecnologias e equipamentos tornou bem mais acessível a implementação do ensino a distância. Se olharmos para o nosso próprio computador, veremos que ele pode estar ligado à internet, permitindo que o mundo entre em nossa casa com um simples clicar do mouse; podemos usar programas de chat (conversa) para conversarmos com alguém que pode estar nesse momento no outro lado do mundo, podemos ver a pessoa através da pequena câmara do computador, podemos falar com ela através do microfone, podemos enviar um e-mail com um ficheiro, uma foto, um documento, um vídeo. Se queremos trabalhar, temos à nossa disposição processador de texto, programa de planilhas para fazermos contas e muitos outros programas bastante úteis.

Todas essas tecnologias estão sendo usadas atualmente no ensino a distância. Escolas técnicas e faculdades lançam vários cursos para serem ensinados através desse meio. A forma como esse curso é transmitido pode variar, uns utilizam bastante a internet, outros a televisão, outros ainda usam material didático como CD, DVD, livros e apostilhas para transmitirem a matéria. Quase todos eles fazem seções de vídeo ou de conversa, utilizando as câmaras, o microfone e programas como o Skype, que permite conversar como se fosse por telefone, e sem pagar nada.

As faculdades, na tentativa de conseguir cativar alunos de zonas mais distantes para seus cursos, começaram também a lançar cursos a distância, usando as técnicas descritas anteriormente. Um exemplo dessa situação é a UNIP Universidade Paulista, que lançou o programa UNIP Interativa. Ela está credenciada pelo Ministério da Educação para esse tipo de ensino, e utiliza a internet como centro de estudos, criando zonas reservadas para os alunos. Ali ele pode encontrar material didático, ficheiros, documentos, vídeos e todo o material que necessita para estudar, e será ali também que ele entrega seus trabalhos. Se ele tiver qualquer dúvida sobre qualquer assunto, ele deverá enviar um e-mail para o seu tutor. Essa faculdade utiliza também programas de chat e ainda tem um fórum para troca de ideais entre professores e alunos.

Outro exemplo é a Faculdade de Tecnologia e Ciência – Ensino a Distância (FTC-EAD), que leciona cursos superiores em diversas áreas profissionais, como Pedagogia, Geografia, Letras, História ou Biologia, tudo ensinado a distância. Essa faculdade usa tecnologia avançada para transmitir os conhecimentos a seus alunos. Utiliza o streaming de vídeo, chats e fóruns, e os alunos têm acesso a um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Além disso, existe uma biblioteca virtual onde são colocados textos.

Para além dos bacharelatos e graduações, também é possível tirar uma pós-graduação e até mestrado através dessa via. Todos os cursos terão de ser aprovados pelo Ministério e suas secretarias estaduais de educação, para que o nível de ensino mantenha uma certa qualidade. O ensino à distância é também um ensino regulado, que se rege pelos mesmos padrões de qualidade que o ensino presencial, mas como tem certos aspetos próprios foi criada alguma legislação sobre ele, que pode ser encontrada no site do Ministério da Educação do Brasil, em mec.gov.br. Ali se encontram as leis, portarias e demais normas que regem esse tipo de ensino.

Mais informação pode ser encontrada nos sites das diversas faculdades que têm esse serviço. Ali pode encontrar os cursos disponibilizados e toda a informação sobre o processo de ensino.